OfficeCar.jpeg
Buscar

O peso da Obesidade

"Um dos fatores de risco da covid-19, a obesidade cresceu 72% no Brasil entre 2006 e 2019. De acordo com o Vigitel, do sistema de Vigilância de Fatores de Risco para doenças crônicas não transmissíveis do Ministério da Saúde, a porcentagem de brasileiros obesos passou de 11,8%, no início do período, para 20,9% no ano passado. Ou seja, dois a cada dez brasileiros hoje sofrem com esse problema".*  



A obesidade causa muitas dores para quem carrega os quilos a mais, dores Físicas e Emocionais.


As dores físicas são ocasionadas pelo excesso de peso e por diversas doenças e complicações que comprometem a saúde e deixam em risco a vida do obeso.

Dentre as dores física temos (dores nas articulações, nos pés, nos joelhos, nas pernas, nas costas, no quadril, e no corpo como um todo, as câimbras são bem frequentes, a falta de circulação, dificuldade para respirar e o cansaço).


Já a dor emocional está relacionada a vários fatores e talvez essa seja a pior dor do obeso.


Vamos começar pela Gordofobia (o preconceito que pessoas acima do peso sofrem tanto na sua vida social, como na afetiva e na profissional).


Por mais que digamos que não há discriminação, ela existe!


Vamos começar falando dos desafios encontrados a partir do momento em que saem de casa, as piadinhas, os julgamentos, a cobrança da sociedade, os ambientes que não estão preparados para recebê-los, lugares apertados demais, acentos pequenos e frágeis demais, portas e  corredores estreitos demais, empresas que não contratam pela limitação física que uma pessoa obesa tem para exercer algumas atividades, a dificuldade para encontrar roupas que sirvam, pois muitas marcar não querem ver seus produtos em corpos que não sejam esculturais como a mídia e a sociedade impõe,  nas escolas há muita discriminação com as crianças obesas, piadinhas e até exclusão da criança do círculo de amizade, .


As dificuldades que uma pessoa obesa encontra são muitas, principalmente para realizar tarefas que para uma pessoa magra, é muito simples, como, tirar e colocar a roupa, tomar banho, lavar os pés, se enxugar, colocar/retirar e amarrar os calçados, sentar e levantar, cruzar as pernas, baixar para juntar alguma coisa do chão, caminhar, praticar algum tipo de esporte e atividade física.


A dor emocional que a obesidade causa é muito maior do que as dores físicas, pois doem na alma.


Se você se identificou com a matéria acima e carrega o Peso da Obesidade, tanto falando em quilos e em todas as dores físicas que eles causam, quanto do Peso Emocional saiba que você pode soltar esse peso para sempre. Mas para isso é necessário que você Desperte a sua Consciência. Busque o autoconhecimento, identifique quais são os fatores que o estão levando a ansiedade, a descontar no alimento as suas emoções. Você precisa identificar quais são as suas forças e também suas fraquezas para assim você esteja no comando da sua mente.


Se esse texto fez sentido para você, deixe sua curtida.

Se você conhece alguém que carrega o Peso da Obesidade, encaminhe essa matéria.


Me acompanhe também no instagram @grazipratesoficial.



Grazi Prates

Mentora de Qualidade de Vida

Emagrecimento/Saúde/Bem Estar


* https://jornal.usp.br/atualidades/obesidade-cresce-72-no-brasil/

29 visualizações2 comentários
Rodapé_madri.jpg
Participe da nossa lista de e-mails e não perca as atualizações!

© 2019-2020 Todos os direitos reservados. Orildo Silveira Filho