OfficeCar.jpeg
Buscar

Oráculo Cambirela

Sou o Oraculo do Cambirela. Vocês conhecem bem meu primo, o Oraculo de Delfos, na Grécia de Apolo. Ele so é mais famoso, devido aos gregos que souberem contar histórias que ficaram clássicas, meus amigos Tupi Guarani não achavam necessário o registro escrito de suas consultas e façanhas. Olha o Caminho do Peabiru, tem catarinenses que não conhecem!


Meu amigo Peninha, aquele amigo do Franklin Cascaes, morador ali da Enseada de Brito vai dizer que sou lenda nova. Mas eu convivo com os homens desde antes dos Tupi Guarani derem nomes aos picos da Serra do Tabuleiro.

Posso ser a voz do Gigante Adormecido, quem sabe?


Hoje faço a minha apresentação, mas estou aqui para comentar e causar. Vou falar histórias novas, não vou falar do acidente do final dos anos 40, coza muito triste e inconsequente. Até hoje não entendo como não me viram...


As histórias novas tem a ver com uma turma muito conhecida, nossos políticos de todo nosso Brasil... Todos vêm aqui me questionar, mas nem todos compreendem minhas respostas. Da Palhoça será de lei!


Dizem que falo difícil, através de charadas, mas fazer o que se eles nunca estão prestando atenção? Estão sempre antenados nos grupos de WhatsApp de fotos adultas ou de fofocas, mesmo durante a sessão!


Assim tem um pessoal preocupado, alguns por que não sabem para quando ficará a eleição, outros porque não se prepararam para o pleito e agora não tem mais tempo.


Tem outros que por eles prorrogava logo por mais dois anos os mandatos. Deputado Peninha aqui na Palhoça você não ganha mais voto não, onde já se viu prorrogar a administração? Nem os atuais mandatários querem essa solução! E também tem a questão, que muitos você já deixou na mão!


Vai ser uma campanha pra lá de enrolada: o que eu já ouvi de promessa enredada!!! Já falei para os candidatos: promete não, porque será cobrado. Tem alguns devendo a mais de uma eleição! Quero só ver o que vão prometer nessa!


Por isso que digo: cuidado com que tu pedes, podes ser que os Deuses te atendam e você acaba se perdendo num mato sem cachorro. Tem um comandante, que estava quietinho lá em Tubarão, agora morando na Casa da Agronômica não sabe o que fazer com o Estado que tem na mão! Se cerca de profissionais seu tolo, inclusive políticos, porque a política é arte antiga, precisa de profissionais ou pelo menos de respeito! Deixa de ser mané e teimoso!


Meu amigo Beltrano, sim o próprio, me serve de inspiração! Figura folclórica na Palhoça merecia uma atenção.

É divertido e chorão, conhecedor da alma desse nosso povão, não precisava estar de escanteio não.


Quem veio na Palhoça, em outubro de 1974, na época do Palhostock no campo do Guarani, curtiu os alucinógenos, agora gosta é de colírio! E vamos passar julho, porque a primavera nos espera!

0 visualização
Rodapé_madri.jpg
Participe da nossa lista de e-mails e não perca as atualizações!

© 2019-2020 Todos os direitos reservados. Orildo Silveira Filho